Basicamente, a empilhadeira é um equipamento responsável por auxiliar no transporte e organização de cargas.

No entanto, há diversos modelos e cada um deles pode ser mais eficaz para um determinado tipo de uso.

Nesse sentido, é necessário compreender qual é o tipo de empilhadeira ideal para o seu negócio, bem como onde utilizar cada um dos modelos.

Assim sendo, veja, a seguir, os principais tipos de empilhadeiras e para quais finalidades e ambientes eles são indicados. Confira!

Onde os principais tipos de empilhadeiras podem ser utilizados?

1. Empilhadeira a combustão

A empilhadeira a combustão, como o próprio nome sugere, funciona à base da queima de um combustível. 

Atualmente, há dois tipos de combustíveis utilizados nesse tipo de empilhadeira: gás liquefeito e diesel.

Como esse modelo é movido a combustão e, portanto, emite fumaça, é indicado para ambientes abertos.

Como essa empilhadeira é muito potente, ela se adapta a terrenos irregulares, sendo esse mais um motivo para utilizá-la em locais externos.

Assim, entre os ambientes mais recomendados para esse tipo de empilhadeira, podemos destacar:

  • Armazéns de grande porte;
  • Docas;
  • Pátios;
  • Transportadoras.

2. Empilhadeira elétrica

A empilhadeira elétrica opera por meio de energia elétrica proveniente de baterias. Devido a isso, não é recomendado utilizá-la em ambientes abertos.

Tal situação deve ser evitada porque ela pode molhar e, consequentemente, ser danificada. 

Além disso, como esse modelo é muito eficiente para carregar paletes e possui torre de elevação, ele é indicado para ambientes internos.

Isso ocorre porque a empilhadeira elétrica é excelente para a organização do ambiente de acomodação de cargas a nível do solo ou de modo empilhado.

Além disso, ela não emite muitos poluentes e ruídos e não é eficiente em terrenos irregulares, favorecendo ainda mais o seu uso em ambientes fechados.

Entre os ambientes mais indicados para empregar o uso de empilhadeira elétrica, temos:

  • Depósitos;
  • Fábricas;
  • Armazéns;
  • Galpões.

3. Empilhadeira manual

A empilhadeira manual funciona por meio da força motriz, ou seja, o operador utiliza a sua própria força para mover e erguer a torre do equipamento. 

Apesar disso, não é necessário empregar muita força, tendo em vista que há sistemas de rolamento e roldanas que auxiliam o operador.

De qualquer modo, esse tipo de empilhadeira é mais indicado para ambientes com pisos regulares e não muito amplos.

4. Empilhadeira portuária

Por fim, a empilhadeira portuária é um tipo de equipamento criado especificamente para operar em portos.

Nesses locais, ela serve especificamente para auxiliar na carga e descarga de navios.

Dessa forma, essa empilhadeira tem a capacidade de transportar cargas altamente pesadas, que podem pesar toneladas.

Conte com a Tratomaq

Como pôde ver, há diversos tipos de empilhadeiras, e cada uma delas apresenta uma maior usabilidade em determinados ambientes.

Nesse sentido, é de suma importância saber escolher o modelo que melhor se adequa às necessidades do seu empreendimento.

Além disso, é indispensável contar com um bom distribuidor, como a Tratomaq, empresa que está há mais de 30 anos no mercado.

A Tratomaq distribui equipamentos de marcas consagradas, como a empilhadeira CLARK, que atua com as melhores condições e preços do mercado.

Portanto, entre em contato com a Tratomaq e peça um orçamento já!

Open chat